Bolsonaro comemora resultados de leilão de transmissão de energia da ANEEL

As concessões para novas linhas de transmissão irão gerar investimentos de mais de 13 bilhões de reais e 28 mil empregos diretos; Projeto paisagens Rurais será lançado em Brasília; OCDE discute perdas e desperdícios de alimentos.

audio/mpeg 27-03-19 - É NOTICIA 2 MIN - SUZETTE - MANHÃ.mp3 — 1807 KB

Duração: 1:55s




Transcrição

 

O Presidente da República, Jair Bolsonaro, comemorou os resultados do mais recente leilão de transmissão de energia elétrica realizado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL), cujos contratos foram assinados por 10 empresas nesta segunda-feira dia 25 de março, no Palácio do Planalto.

As concessões para novas linhas de transmissão irão gerar investimentos de mais de 13 bilhões de reais e 28 mil empregos diretos. Trata-se do maior leilão de infraestrutura realizado nos últimos quatro anos pela Aneel, comemorou Jair Bolsonaro.

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

Será lançado em Brasília, no próximo dia 03 de abril, o Projeto Paisagens Rurais, iniciativa voltada à conservação e restauração ambiental e promoção de práticas agrícolas de baixa emissão de carbono em bacias selecionadas no Cerrado.

 

O lançamento será na sede da Confederação da Agricultura e Pecuária e terá a presença da ministra da Agricultura, Tereza Cristina, do embaixador da Alemanha no Brasil, Georg Witschel, da diretora interina do Banco Mundial no país, Doina Petrescu, e do presidente da CNA, João Martins.

Xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

 

A Organização para o Desenvolvimento Econômico (OCDE), discute até o dia 28 de março, em Bonn, Alemanha, perdas e desperdícios de alimentos, em reunião que trata da Aplicação de Padrões Internacionais de Frutas e Hortaliças.

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) está representado no evento, que teve início ontem, pelo auditor-fiscal agropecuário do Departamento de Inspeção de Produtos de Origem Vegetal (Dipov), André Bispo. A iniciativa da OCDE faz parte do seu Programa de Frutas e Hortaliças Frescas. Um dos objetivos da participação brasileira é incrementar as exportações de vegetais para a União Europeia e outros mercados.

 

Da Rede Nacional de Rádio, em Brasília, Suzette Calderon