BNDES e rede de saúde de Fortaleza vão instalar 22 leitos para combater coronavírus

O Ceará é o estado do Nordeste com o maior número de casos confirmados da Covid-19 e, atualmente, 100% dos leitos para Unidade de Terapia Intensiva (UTI) estão ocupados; Cerca de 3 mil e 800 brasileiros ainda estão retidos em 74 países por conta do coronavírus; MDR vai investir mais de 33 milhões de reais na instalação de 170 sistemas de dessalinização no semiárido pernambucano.

audio/mpeg 28-04-20 - É NOTÍCIA 2 MIN - DILSON - MANHA - FINALIZADO - 2m18m.mp3 — 2172 KB

Duração: 2:18s




Transcrição

 

 

Com apoio do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico (BNDES) a rede de saúde de Fortaleza vai poder instalar e manter 22 leitos no Hospital Otoclínica exclusivos para o combate ao novo coronavírus.

 

O financiamento de mais de 13 milhões de reais está no âmbito do Programa de Apoio Emergencial ao Combate da Pandemia do Coronavírus, que foi criado pelo banco para ajudar o sistema de saúde no combate à covid-19.

 

O Ceará é o estado do Nordeste com o maior número de casos confirmados da doença e, atualmente, 100% dos leitos para Unidade de Terapia Intensiva (UTI) da rede de saúde de Fortaleza estão ocupados por pacientes vítimas da pandemia.

 

…..................................................................

 

O governo federal informou nessa segunda-feira (27) que cerca de 3 mil e 800 brasileiros ainda estão retidos em 74 países.

 

De acordo com informações atualizadas do Ministério das Relações Exteriores 17 mil 770 pessoas conseguiram retornar ao país com apoio das embaixadas e consulados brasileiros no exterior.

 

Os números foram divulgados no comunicado interministerial pela Casa Civil da Presidência, para atualizar as ações do governo no enfrentamento à pandemia do novo coronavírus.

 

Devido a disseminação da covid-19 pelo mundo, desde março, dezenas de países determinaram o fechamento de fronteira com fortes restrições à aviação comercial, fazendo com que milhares de brasileiros ficassem retidos no exterior.

 

A repatriação tem sido feita a partir de uma articulação envolvendo o Ministério das Relações Exteriores e companhias aéreas, incluindo o fretamento de voos em alguns casos.

 

Há um próximo voo programado da Nova Zelândia para o Brasil, com escala no Chile, no dia 1º de maio, que deverá trazer centenas de pessoas.

 

…....................................................................

 

O Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) vai investir mais de 33 milhões de reais na instalação de 170 sistemas de dessalinização no semiárido pernambucano.

Cerca de 60 mil pessoas de 21 municípios serão beneficiadas através do Programa Água Doce.

 

 

 

Da Rede Nacional de Rádio, em Brasília, Dilson Santa Fé