Segurados da Previdência Social devem agendar nova perícia

E mais : Novidade no ConecteSUS: o certificado de vacinação contra a covid-19 já pode ser emitido em três idiomas: português, inglês e espanhol; Agentes da Polícia Federal e da Receita Federal realizaram nessa terça-feira (27) uma operação contra o contrabando de ouro, garimpado ilegalmente na região Norte do país.

audio/mpeg 28-07-20 - É NOTICIA EM 2 MIM - DILSON SANTA FÉ - 2ms - FINALIZADO 000.mp3 — 1927 KB

Duração: 2:00s




Transcrição

Cerca de 170 mil segurados da Previdência Social que recebem benefícios por incapacidade temporária – o antigo auxílio-doença –  devem ficar atentos para agendar nova perícia médica. 

 

Os prazos para fazer o agendamento começam a expirar em agosto.  

 

Desde o início de julho, o INSS, Instituto Nacional do Seguro Social, começou a enviar cartas para segurados que não realizam perícia médica há mais de seis meses.

 

Quem recebe a convocação tem 30 dias, a contar da data de recebimento notificada pelos Correios, para agendar o procedimento.

 

O INSS poderá também convocar as revisões utilizando a rede bancária, considerando o órgão pagador do benefício, quando esse tipo de notificação for disponível. Estão previstas ainda as convocações por meio eletrônico ou edital em Diário Oficial.

 

Quem não atender o chamado, corre o risco de ter o pagamento suspenso. 

 

Xxxxxxxxxxxxxxxxx

Novidade no ConecteSUS: o certificado de vacinação contra a covid-19 já pode ser emitido em três idiomas: português, inglês e espanhol.

 

O documento é exigido por alguns países para autorizar a entrada de brasileiros. 

 

Caso uma pessoa perca o cartão de vacinação, deve buscar a unidade de saúde onde recebeu o imunizante e solicitar a segunda via.

 

Xxxxxxxxxxxxxxx

Agentes da Polícia Federal e da Receita Federal realizaram nessa terça-feira  (27) uma operação contra o contrabando de ouro, garimpado ilegalmente na região Norte do país.

 

Batizada de Ruta 79, a operação cumpriu quatro mandados de prisão preventiva e 21 mandados de busca e apreensão em cidades do Rio de Janeiro, São Paulo e Minas Gerais.

 

A PF estima que, no período de 2017 a 2019, a quadrilha tenha contrabandeado mais de uma tonelada de ouro para a Itália.

 


Da Rede Nacional de Rádio, em Brasília, Dilson Santa Fé