Pessoas de alto padrão de renda receberam Auxílio Emergencial no Paraná

A constatação feita pela CGU permitiu ao Ministério da Cidadania bloquear parcelas futuras de pagamento do benefício; Mais de 200 máquinas pesadas foram entregues ao município de Tocantins; Acesso a crédito para os pequenos negócios é tema de live com especialistas do Sebrae.

audio/mpeg 29-06-20 - É NOTÍCIA 2 MINUTOS - TARDE - 2m05s - LUCIANO.mp3 — 1848 KB

Duração: 2m05s




Transcrição

Mais de 11 mil pessoas com indício de alto padrão de renda receberam Auxílio Emergencial no Paraná.

 

A constatação feita pela Controladoria Geral da União, por meio de cruzamento de dados, permitiu ao Ministério da Cidadania bloquear parcelas futuras de pagamento do benefício.

 

Foram identificados 11 mil e 678 pessoas no estado do Paraná, com alto padrão de vida, contrariando as regras da Lei que estabelece o benefício para trabalhadores informais, microempreendedores individuais, autônomos e desempregados, diante da crise causada pela pandemia do novo coronavírus.

----------------------------------------------

Mais de 200 máquinas pesadas foram entregues ao município de Tocantins, nesta segunda-feira (29), pela Sudam, Superintendência do Desenvolvimento da Amazônia.

 

Este é resultado de um convênio entre a autarquia e a Agência Tocantinense de Transportes e Obras, que vai beneficiar 139 municípios.

 

Todas as recomendações de saúde foram realizadas para essa entrega, além de novas ações para a Amazônia Legal.

--------------------------------------------------

Acesso a crédito para os pequenos negócios é tema de live com especialistas do Sebrae. O encontro acontece na próxima quinta-feira, dia 2, e haverá espaço para tirar dúvidas do público ao vivo.

 

A iniciativa é fruto de uma parceria com o movimento “Compre do Bairro” e conta com a expertise de analistas de Capitalização e Serviços Financeiros do Sebrae. O tema será “Acesso a Crédito: o que realmente funciona para as micro e pequenas empresas”.

 

A busca por crédito aumentou significativamente após o início da pandemia do coronavírus. A live vai informar como o microempreendedor pode fazer isso com segurança e o que ele precisa fazer para conseguir crédito.

 

Da Rede Nacional de Rádio em Brasília, Luciano Barroso.