Ministério da Agricultura alerta para prevenção do coronavírus no meio rural

Segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o Brasil tem o maior rebanho comercial bovino, com mais de 213 milhões; MEC prorroga prazos de recredenciamento de cursos presenciais e a distância que são oferecidos por instituições de ensino superior; caminhoneiros e portuários vão ter prioridade na campanha de vacinação contra a gripe em todo o país.

audio/mpeg 31-03-20 - É NOTÍCIA EM 2 MIN - 1M46S - FINALIZADO - VALE ESTE.mp3 — 1670 KB

Duração: 1:46s




Transcrição

 

 

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) alertou nessa segunda-feira ,dia 30, para a importância do reforço de medidas de prevenção contra a pandemia do coronavírus no meio rural.

 

 

De acordo com o Mapa, cuidados devem ser adotados, pois animais, pessoas, veículos e equipamentos que entram na propriedade podem ser fonte de contaminação do vírus para os trabalhadores, já que o vírus (Covid-19) fica nas superfícies por um tempo.

 

 

Segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o Brasil tem o maior rebanho comercial bovino, com mais de 213 milhões.

 

….......................................

 

Foi prorrogado pelo Ministério da Educação (MEC) os prazos de reconhecimento, autorização e recredenciamento de cursos presenciais e a distância que são oferecidos por instituições de ensino superior e os prazos de credenciamento de instituições de ensino.



Devido ao coronavírus, os prazos foram adiados em cerca de um mês .

 

Nesta terça-feira, dia 31, terminariam alguns prazos.

 

O objetivo da alteração segundo a Secretaria de Regulação e Supervisão da Educação Superior (Seres) do MEC, é atender às necessidades coletivas.

…...........................................

 

Os caminhoneiros e portuários vão ter prioridade na campanha de vacinação contra a gripe em todo o país.



O ministro da Infraestrutura, Tarcísio Freitas, anunciou nessa segunda-feira, dia 30, que a vacinação terá início assim que a agenda para idosos e profissionais de saúde for encerrada.

 

Da Rede Nacional de Rádio, em Brasília, Dilson Santa Fé