Caixa credita saque emergencial do FGTS para nascidos em setembro

Ao todo, o governo pretende injetar mais de 37 bilhões de reais na economia, beneficiando cerca de 60 milhões de pessoas; A vacinação contra o sarampo para a população entre 20 a 49 anos, foi ampliada pelo Ministério da Saúde até 31 de outubro. A vacina está disponível nos 43 mil postos de saúde em todo o país; Receita Federal paga nesta segunda-feira, 31, o quarto lote de restituição do Imposto de Renda Pessoa Física de 2020.

audio/mpeg 31-08-20 - É NOTÍCIA 2 MINUTOS - MANHA - 1m57s - ADALTO - FINALIZADO.mp3 — 1435 KB

Duração: 1:58s




Transcrição

Será creditado nesta segunda-feira, pela Caixa Econômica Federal , o saque emergencial do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) para os trabalhadores nascidos em setembro.

 

Ao todo, o governo pretende injetar mais de 37 bilhões de reais na economia, beneficiando cerca de 60 milhões de pessoas.

 

Nesta fase, o dinheiro poderá ser movimentado apenas por meio do aplicativo Caixa Tem.

 

O pagamento será feito na conta poupança social digital. O saque em dinheiro estará disponível somente em 31 de outubro.


Xxxxxxxxx

 

A vacinação contra o sarampo para a população entre 20 a 49 anos, foi ampliada pelo Ministério da Saúde até 31 de outubro. A vacina está disponível nos 43 mil postos de saúde em todo o país.

 

De acordo com o Ministério da Saúde, desde o início da ação de 16 de março até o dia 17 de agosto, foram vacinadas mais de 5 milhões de pessoas.

 

Nesta quarta etapa da Mobilização Nacional de Vacinação contra o Sarampo, a população-alvo nesta faixa etária totaliza mais de 90 milhões de pessoas.

 

A principal medida de prevenção e controle do sarampo é a vacinação, disponível durante todo o ano na rotina de vacinação dos serviços de saúde do país.


Xxxxxxxxxxxxxx


A Receita Federal paga nesta segunda-feira, 31 o quarto lote de restituição do Imposto de Renda Pessoa Física de 2020. O crédito bancário é para mais de 4 milhões de contribuintes, totalizando o valor acima de 5 bilhões de reais .

 

Da Rede Nacional de Rádio, em Brasília, Adalto Gouveia