MS reforça importância da dose de reforço da vacina contra a Covid-19

Brasil possui 21 milhões de brasileiros que já podem reforçar a imunização em fevereiro.

audio/mpeg 01-02-22 - É NOTICIA - AMÉRICA MELO - DOSE REFORÇO - CTL.mp3 — 977 KB

Duração: 1m03s




Transcrição

Com quase 152 milhões de brasileiros com as duas ou dose única da vacina Covid-19, o Ministério da Saúde ressalta a importância da dose de reforço, que deve ser aplicada quatro meses após a conclusão do ciclo vacinal.

 

 

O país possui 21 milhões de brasileiros que já podem reforçar a imunização em fevereiro.

 

 

A vacina usada como reforço deve ser, preferencialmente, a Pfizer que usa a plataforma de RNA mensageiro.

 

 

Na falta deste imunizante, podem ser usadas as vacinas de vetor viral como a vacina da Janssen ou AstraZeneca independentemente do esquema vacinal primário.

 

 

 

Quem tomou o imunizante da Janssen também deve receber a dose de reforço. Nesta segunda aplicação, deve ser usada a mesma vacina no intervalo de dois a seis meses depois da primeira dose.

 

 

Da Rede Nacional de Rádio em Brasília