IMÓVEIS DE ATÉ R$ 1,5 MILHÃO PODERÃO SER FINANCIADOS PELO FGTS

O novo teto vai beneficiar todas as regiões do país e vale para o financiamento de imóveis residenciais novos contratados a partir de 1º de janeiro de 2019.

audio/mpeg 01-08-18 - E NOTICIA - ROSAMELIA - HABITACAO.mp3 — 2721 KB

Duração: 1m09s




Transcrição

O Conselho Monetário Nacional (CMN) elevou para 1 milhão e 500 mil reais o teto de valor dos imóveis que podem ser adquiridos por meio do Sistema Financeiro de Habitação.

O novo teto vai beneficiar todas as regiões do país e vale para o financiamento de imóveis residenciais novos contratados a partir de 1º de janeiro de 2019.

Concedidos com recursos do FGTS e da poupança, os financiamentos do Sistema Financeiro de Habitação cobram juros de até 12% ao ano.

Além de elevar o teto dos financiamentos com recursos do Fundo de Garantia, o CMN flexibilizou a parcela que os bancos são obrigados a aplicar em crédito imobiliário. Até agora, os bancos precisavam destinar 65% dos recursos da poupança para o financiamento de imóveis, dos quais 80% (o equivalente a 52% dos depósitos na caderneta) deveriam ser empregados no SFH.

Da Rede Nacional de Rádio, em Brasília, Rosamélia de Abreu