Aplicativo “Guardiões da Amazônia” facilita as denúncias de crimes ambientais na região

O aplicativo de celular foi lançado pela 17ª Brigada de Infantaria de Selva

audio/mpeg 03-07-2020_BOLETIM_GUARDIÕES DA AMAZÔNIA.mp3 — 2266 KB

Duração: 1m36s




Transcrição

Denunciar os crimes ambientais de desmatamento, queimadas e garimpo ilegal na região da Amazônia ficou mais fácil com o Aplicativo “Guardiões da Amazônia”.

 

A ferramenta facilita a interação entre a população e os órgãos de fiscalização ambiental na proteção da floresta. O aplicativo de celular foi lançado em junho pela 17ª Brigada de Infantaria de Selva.

 

A ferramenta permite que o cidadão registre com foto e localização geográfica o local exato de uma queimada ou a denúncia dos outros crimes ambientais. 

 

 

A informação é repassada ao órgão fiscalizador para que sejam tomadas as providências.

 

 

A denúncia pode ser feita de forma anônima. Quem preferir se cadastrar tem a garantia de que não terá os dados expostos.

 

 

O aplicativo foi desenvolvido para apoiar a Operação Verde Brasil 2, iniciativa coordenada pela vice-presidência da República para prevenir e reprimir delitos ambientais na Amazônia Legal. 

 

 

A ferramenta foi criada para diante da necessidade de ter um instrumento que facilitasse a interação da população e os órgãos de fiscalização para proteger a floresta amazônica, no tocante a ilícitos ambientais

 

 

O aplicativo tem duas partes: Aplicativo Móvel para uso da população e Módulo Web, restrito aos órgãos de fiscalização que podem acessar as denúncias feitas pelos usuários, ter acesso a informações sobre focos de calor recebidos via satélite, visualizar alertas de desmatamento, relatórios e gráficos.

Da Rede Nacional de Radio em Brasilia