Cadastro eletrônico vai reunir informações sobre locais de aplicação do Enem Digital

O objetivo é promover o cadastramento de instituições interessadas em compor a Rede Nacional de Postos Aplicadores e normatizar os procedimentos que serão adotados para seleção dos locais de aplicação

audio/mpeg 03-08-2020_BOLETIM_ENEM DIGITAL.mp3 — 2500 KB

Duração: 1m46s




Transcrição

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira criou o cadastro eletrônico de locais de aplicação para o Enem Digital , Exame Nacional do Ensino Médio , marcado para os dias 31 de janeiro e 7 de fevereiro de 2021.

 

 

O objetivo é promover o cadastramento de instituições interessadas em compor a Rede Nacional de Postos Aplicadores e normatizar os procedimentos que serão adotados para seleção dos locais de aplicação.

 

O prazo previsto para cadastro no sistema é de 10 a 30 de agosto. 

 

Durante o planejamento do Enem Digital, a Diretoria de Gestão e Planejamento do Inep promoveu uma pesquisa eletrônica com 1.851 instituições de ensino públicas e privadas, divididas em instituições de ensino superior e escolas de educação básica, nos 15 municípios inicialmente anunciados para aplicação da primeira edição digital do exame.

 

O Enem Digital é ofertado em todos os estados e no Distrito Federal, nos municípios definidos no edital, com número respectivo de vagas. 

 

Nesta edição, apenas os estudantes concluintes, ou que já terminaram o ensino médio em anos anteriores, e não precisam de recurso de acessibilidade poderão se inscrever para fazer as provas. 

 

 

Os computadores para o exame serão disponibilizados nos locais de aplicação e não será possível utilizar equipamento pessoal.

 

O Enem Digital será realizado no Rio de Janeiro, Curitiba, Porto Alegre , Campo Grande, Manaus, Recife , Florianópolis, João Pessoa , São Paulo Belém , Goiânia, Brasília , Salvador , Belo Horizonte, e Cuiabá.