Exportações do setor mineral têm crescimento de 51%

Em 2021, a variação de preços das commodities no mercado internacional impulsionou o faturamento do setor em 62%, na comparação com 2020, crescendo de R$ 209 bilhões para R$ 339 bilhões.

audio/mpeg 04-02-22 - É NOTÍCIA - DILSON SANTA FÉ - 1M33S - SETOR MINERAL - FINALIZADO.mp3 — 2193 KB

Duração: 1:33s




Transcrição

O saldo das exportações do setor mineral brasileiro foi de quase US$ 49 bilhões em 2021. Esse valor representa um crescimento de 51% em comparação a 2020 e, segundo o Ibram, Instituto Brasileiro de Mineração, foi essencial para garantir o saldo positivo da balança comercial do Brasil. O saldo mineral correspondeu a 80% do saldo comercial brasileiro em 2021, que foi de US$ 61 bilhões.

A elevação, segundo o Ibram, é significativa, já que em 2020 o saldo comercial mineral equivalia a pouco mais de 64% do saldo comercial brasileiro.

Os dados referentes ao consolidado da indústria da mineração do Brasil em 2021 foram apresentados pelo diretor-presidente do Ibram, Flávio Ottoni Penido, e por Wilson Brumer, presidente do Conselho Diretor do órgão.

Eles destacaram que a produção mineral brasileira em 2021, em toneladas, cresceu cerca de 7% em relação a 2020, passando de 1,073 bilhão de toneladas para 1,150 bilhão de toneladas estimadas.

Em 2021, a variação de preços das commodities no mercado internacional impulsionou o faturamento do setor em 62%, na comparação com 2020, crescendo de R$ 209 bilhões para R$ 339 bilhões.

Da Rede Nacional de Rádio em Brasília