Universidades federais formaram mais de 1.200 novos profissionais de saúde

Estudantes tiveram formatura antecipada para atuar no enfrentamento ao novo coronavírus

audio/mpeg 04-05-20 - É NOTÍCIA -FORMATURA DE PROFISSIONAIS DA SÚDE - 1M23S - FINALIZADO.mp3 — 1306 KB

Duração: 1m23s




Transcrição

 

 

Devido a pandemia da Covid-19 as universidades federais já formaram 1.230 novos profissionais da saúde. São um total de 1.046 médicos, 151 enfermeiros, 23 farmacêuticos e 10 fisioterapeutas que foram graduados antecipadamente. O objetivo é o de reforçar o quadro de profissionais para enfrentar o coronavírus.

 

Somente na região Nordeste, foram graduados 547 novos profissionais. Na região Norte, 224, no Sul do país, outros 185. A região Centro-Oeste graduou 134 estudantes antecipadamente e a região Sudeste, 160.



De acordo com o diretor de Desenvolvimento de Educação em Saúde da Secretaria de Educação Superior (Sesu) do MEC, Sérgio Henrique Santos, a antecipação das colações de grau surgiu da parceria entre os ministérios da Educação e da Saúde. Compreendemos que, verdadeiramente, esses recém-formados poderão fazer a diferença onde estiverem auxiliando o nosso país a vencer esta batalha contra a Covid-19”, disse.

 

Da Rede Nacional de Rádio, em Brasília, Adalto Gouveia