Novas regras para comercialização da gasolina entram em vigor

ANP deu prazo de 60 dias para as distribuidoras e de 90 dias para os revendedores se adequarem e para permitir o escoamento da gasolina antiga comercializada

audio/mpeg 04-08-20202_BOLETIM_NOVA GASOLINA.mp3 — 1571 KB

Duração: 1m06s




Transcrição

As novas especificações da gasolina automotiva, estabelecidas pela ANP - Agência Nacional de  Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis , passaram a ser obrigatórias a partir desta semana.

 

As mudanças  aprimoram a qualidade da gasolina brasileira, proporcionam maior eficiência energética, melhorando a autonomia dos veículos reduzindo  o consumo, e viabilizam a introdução de tecnologias de motores mais eficientes, com menores emissões de gases na atmosfera.

 

Será dado prazo adicional de 60 dias para as distribuidoras e de 90 dias para os revendedores se adequarem, permitindo o escoamento da gasolina antiga comercializada ainda sem atender integralmente às novas características. 

 

A mudança no combustível é resultado da realização de estudos e pesquisas dos padrões de qualidade, considerando o acompanhamento das especificações internacionais, bem como de amplos debates com os agentes econômicos do mercado de combustíveis.