Operação Madeira da Noite II apreende madeira ilegal em Altamira (PA)

Com foco no combate ao desmatamento ilegal, a operação teve a participação da Polícia Rodoviária Federal e do Ibama.

audio/mpeg 05-05--2022 - E NOTICIA MARCIA DIAS - OPERACAO MADEIRA DA NOITE.mp3 — 1219 KB

Duração: 1'17"




Transcrição

A Polícia Rodoviária Federal e o Ibama, Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis, deflagaram, na região de Altamira, Pará, a Operação Madeira da Noite II, de combate ao desmatamento ilegal.

Foram dois dias de ações, que resultaram na prisão em flagrante de um dos envolvidos no delito, apreensão da madeira transportada e extraída de forma ilegal, a emissão de um Termo Circunstanciado e a apreensão de um rádio comunicador do tipo satélite - conhecido como “rádio bolinha”.

O balanço da operação, realizada nessa terça e quarta, dias 3 e 4, foi divulgado nesta quinta-feira.

Esta segunda edição dá continuidade à Operação Madeira da Noite I, deflagrada em abril, quando foram apreendidos quatro rádios comunicadores do tipo satélite, quatro caminhões e uma carreta com aproximadamente 45 metros cúbicos de toras e 53 de madeira serrada.

Uma serraria foi embargada pelo Ibama e cinco pessoas foram presas em flagrante e conduzidas para a Delegacia de Polícia Federal de Altamira.

A operação é decorrente de investigações e compartilhamento de informações entre as Polícias Federal e Rodoviária Federal e o Ibama. E faz parte das ações da Operação Guardiões do Bioma, Unidade Altamira.

Da Rede Nacional de Rádio, em Brasília