Mapa quer ampliar mercado para exportação da cachaça

Ministério participa da 31ª Expocachaça, em Belo Horizonte (MG). Atualmente, apenas cerca de 2% da produção da bebida são exportados.

audio/mpeg 05-08-22 - E NOTICIA - ARIANE POVOA - MERCADO CACHACA.mp3 — 1023 KB




Transcrição

O Mapa, Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, participa da 31ª Expocachaça, evento que, segundo a pasta, é referência do setor no Brasil e vitrine da cadeia produtiva e de valor da cachaça.

A exposição começou nessa quinta-feira e segue até domingo, na capital mineira, Belo Horizonte.

Segundo o ministério, a aguardente de cana é a terceira bebida destilada mais consumida no mundo e a primeira no Brasil. A produção nacional é de aproximadamente 1 bilhão e 300 milhões de litros por ano. Porém, apenas cerca de 2% da produção nacional são exportados. Um dos desafios, de acordo com a pasta, é ampliar a exportação da bebida.

Para isso, o Mapa, em parceria com a Apex-Brasil, tem levado produtores de cachaça para participarem de feiras internacionais, onde podem apresentar o produto e ter acesso a oportunidades de negócios.

A edição deste ano da Expocachaça reúne 150 expositores. O Mapa participa com um estande no evento.