Ações do AgroNordeste vão contar com recursos de US$ 230 milhões

O plano prevê aplicação dos recursos em ações de médio prazo para aumentar a competitividade das cadeias produtivas, inserção de assentados da reforma agrária na produção agrícola familiar e nos mercados de venda, regularização fundiária e ambiental, melhoria das condições sanitárias das atividades agropecuárias e realização de estudos em busca de inovações

audio/mpeg 06-08-20 - ADALTO GOLVEIA AGRONORDESTE.mp3 — 977 KB

Duração: 1m23s




Transcrição

A Comissão de Financiamentos Externos, do Ministério da Economia, aprovou projeto do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento no valor de US$ 230 milhões de dólares para financiar ações do AgroNordeste.


Os recursos virão do BID, o Banco Interamericano de Desenvolvimento , sendo que US$ 40 milhões de dólares em contrapartidas da União, por um período de seis anos.


O plano prevê aplicação dos recursos em ações de médio prazo para aumentar a competitividade das cadeias produtivas, inserção de assentados da reforma agrária na produção agrícola familiar e nos mercados de venda, regularização fundiária e ambiental, melhoria das condições sanitárias das atividades agropecuárias e realização de estudos em busca de inovações para os produtores rurais do Nordeste e do norte do Espírito Santo e de Minas Gerais.


Lançado em outubro de 2019, o AgroNordeste tem como objetivo promover o aumento da competitividade da agricultura e da pecuária nessas áreas e contribuir para a melhoria da qualidade de vida e crescimento da renda dos agricultores.