Brasil monitora síndrome que pode estar associada ao coronavírus

Ainda não há confirmação desta relação entre a Covid-19 e casos de Síndrome Multissistêmica Inflamatória Pediátrica.

audio/mpeg 06-08-20 - É NOTÍCIA - SÍNDROME COVIDA - 1m02s - LUCIANO.mp3 — 879 KB

Duração: 1m02s




Transcrição

Brasil monitora síndrome que pode estar associada ao coronavírus mas ainda não há confirmação desta relação entre a Covid-19 e casos de Síndrome Multissistêmica Inflamatória Pediátrica.

 

Por isso, vários países, em conjunto com a OMS, têm acompanhado e investigado possíveis casos em crianças a partir de sete meses e adolescentes de até 16 anos.

 

Na última semana, o Ministério da Saúde implantou a notificação de casos nos sistemas de monitoramento, bem como mantém conversas com as secretarias de saúde dos estados e municípios, para orientar o diagnóstico e atendimento de possíveis casos.

 

Até julho, 71 casos foram registrados em quatro estados, sendo: 29 no estado do Ceará, 22 no Rio de Janeiro, 18 no Pará e 2 no Piauí, além de três óbitos no estado do Rio de Janeiro.

 

Da Rede Nacional de Rádio, Luciano Barroso.