INCRA reconhece dois territórios quilombolas em Minas Gerais

A medida vai beneficiar as comunidades Lagoa Grande e Marobá dos Teixeira

audio/mpeg 07-11-18 - ROSAMELIA - QUILOMBOLAS 2 - VAL 11-11.mp3 — 785 KB

Duração: 50s




Transcrição

O reconhecimento de dois territórios quilombolas no Vale do Jequitinhonha, em Mina Gerais, vai beneficiar as comunidades Lagoa Grande e Marobá dos Teixeira.

 

Ao todo, cerca de 7 mil 700 hectares foram reconhecidos por portarias do INCRA, o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária e publicadas no Diário Oficial da União.

 

 

Com o reconhecimento do território quilombola, abre-se espaço para a titulação das terras, que passam a ter propriedade coletiva da comunidade em nome da associação dos moradores da área. A lei proíbe que esse território seja vendido ou penhorado.

 

Da Rede Nacional de rádio em Brasília, Ra