Edital oferece 60 mil bolsas para formação de professores

Prioridade do Ministério da Educação em 2020 é capacitar docentes. Edital é destinado à formação de professores da educação básica

audio/mpeg 08-01-20 - AMERICA MELO - EDUCAÇAO.mp3 — 3840 KB

Duração: 1m38s




Transcrição

Com o objetivo de melhorar a qualidade da educação brasileira, uma das prioridades do Ministério da Educação neste ano é a capacitação de docentes.

A Capes - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior publicou nesta segunda-feira, no Diário Oficial da União, dois editais que ofertam mais de 60 mil bolsas para a formação de professores da educação básica.

O primeiro oferece bolsas para o programa Residência Pedagógica, ação que integra a Política Nacional de Formação de Professores e promove a vivência prática dos formandos dentro da sala de aula, na segunda metade do curso de licenciatura.

Já o segundo edital refere-se ao Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência, direcionado à primeira metade do curso.

Cada programa oferecerá 30 mil e 96 bolsas para até 250 instituições de ensino superior, com duração de no máximo 18 meses.

Pelo menos 60% dessas bolsas serão voltadas para áreas consideradas prioritárias como alfabetização, biologia, ciências, física, língua portuguesa, matemática e química.

O prazo para cadastro dos projetos das instituições de ensino superior se encerra em 2 de março e pode ser feito por meio da plataforma da Capes.

O resultado final da seleção será divulgado até 10 de abril e as atividades começam no dia 14.