Delegação brasileira firma cooperação com o Instituto Weizmann de Israel para pesquisas de combate à covid 19

A cooperação se dará entre o Weizmann e a RedeVírus, do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI), com a participação do Ministério da Saúde.

audio/mpeg 09-03-2021_BOLETIM_BRASIL ISRAEL.mp3 — 1647 KB

Duração: 1m10s




Transcrição

Em visita oficial à Israel, a delegação de autoridades brasileiras firmou cooperação de curto prazo com o Instituto Weizmann, para pesquisas de combate à Covid. 

 

O Instituto Weizmann é um dos maiores institutos de pesquisa do mundo. A cooperação relacionada ao combate ao novo coronavírus se dará entre o Weizmann e a RedeVírus, do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI), com a participação do Ministério da Saúde.

  

De acordo com o ministério da Ciência, Tecnologia é Inovações haverá, de imediato, reuniões entre os pesquisadores dos dois lados sobre temas como vacinas e novas drogas.

 

Foi estabelecida também cooperação em outras áreas, entre elas, a bioeconomia.

 

Segundo o ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, que chefia a missão, os acordos vão permitir iniciar uma rede entre cientistas brasileiros e israelenses para tratar de diferentes aspectos no combate à Covid-19. 

 

Num prazo mais longo, os acordos vão beneficiar outras áreas como meio ambiente.