Hospital Universitário de Brasília faz atendimento remoto de saúde para indígenas

A teleconsulta é realizada por chamada de vídeo, de segunda a sexta-feira

audio/mpeg 10-08-2020_BOLETIM_ATENDIMENTO A SAÚDE - TELECONSULTA PARA COMUNIDADES INDÍGENAS.mp3 — 2346 KB

Duração: 1m40s




Transcrição

O Hospital Universitário de Brasília criou um programa de telessaúde para atender comunidades indígenas do Distrito Federal, incluindo os alunos da instituição.

 

A iniciativa é coordenada pelo Ambulatório de Saúde Indígena do Hospital e conta com orientações sobre Covid-19 e outras doenças, teleconsultas em várias especialidades, espaços para troca de conhecimento entre as comunidades e discussões virtuais em grupo, com equipe multiprofissional.

  

A teleconsulta é realizada por chamada de vídeo, de segunda a sexta-feira.

 

O indígena que precisar de qualquer orientação ou atendimento de saúde deve agendar pelo telefone (61) 2028-5422, que também funciona como WhatsApp.

 

 

Primeiro, ele passa por um acolhimento virtual, com equipe interdisciplinar formada por estudantes, professores e profissionais de diversas áreas, como enfermagem, farmácia, medicina, odontologia, saúde coletiva, psicologia e serviço social. 

 

 

Com essa visão ampla das necessidades de saúde, o paciente é encaminhado para o cuidado que precisa, podendo ser teleatendimento em saúde mental com psicólogos e psiquiatras, grupos virtuais para troca de experiências com outras comunidades indígenas, cursos online para formação de lideranças sobre como lidar com a pandemia e teleconsultas em várias especialidades médicas, como neurologia, cardiologia, pneumologia e reumatologia.