Conselho Curador do FGTS aprova redução de juros no crédito para moradia popular no Norte e Nordeste

A redução de juros será em até 0,5 ponto percentual para famílias com renda até R$ 2 mil reais mensai

audio/mpeg 10-09-20 ADALTO GOUVEIA MORADIA POPULAR.mp3 — 747 KB

Duração: 1m04s




Transcrição

O Conselho Curador do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço aprovou, por unanimidade, a redução de juros no crédito imobiliário  para moradia popular no Norte e Nordeste. 

 

Historicamente, as duas regiões têm baixos índices de contratação de financiamento habitacional.

 

 

A redução de juros será em até 0,5 ponto percentual para famílias com renda até R$ 2 mil reais mensais. 

 

A medida estava proposta no programa Casa Verde e Amarela, anunciado pelo Governo Federal no dia 25 de agosto.

 

 

Os juros poderão chegar a 4,25% ao ano para cotistas do FGTS e, nas demais, a 4,5%, ofertando a menor taxa de juros na história num programa habitacional. 

 

Com isso, as famílias terão uma menor prestação mensal na aquisição de novos imóveis pelo programa.