Governo disponibiliza acesso à internet para moradores de comunidades tradicionais do Brasil

As comunidades do Torto e do Morro do Meio, ambas no Delta do Parnaíba (PI), e de Santa Bárbara (MA), além da comunidade do Ariri (SP) já receberam os pontos de acesso.

audio/mpeg 11-03-2021_BOLETIM_INTERNET COMUNIDADES TRADICIONAIS.mp3 — 2293 KB

Duração: 1m37s




Transcrição

O programa Pátria Voluntária e o Ministério das Comunicações estão  disponibilizando acesso à internet para moradores de comunidades tradicionais do Brasil.

 

A parceria garantirá a instalação de quase 40 pontos de internet em várias localidades do país.

 

As comunidades do Torto e do Morro do Meio, ambas no Delta do Parnaíba, e de Santa Bárbara, no Maranhão, além da comunidade do Ariri, no estado de São Paulo, já receberam os pontos de acesso.

 

Com o aumento da demanda do uso de internet, sobretudo devido ao coronavírus, a proposta é melhorar a qualidade de vida e ampliar a conectividade dos moradores dessas comunidades. 

 

A ampliação do alcance de internet permitirá o acesso a informações de interesse público e a serviços essenciais em aplicativos e portais. 

 

A internet será utilizada em centros multifuncionais de educação nos centros comunitários das comunidades participantes.

 

De acordo com dados do Relatório de Tecnologia da Informação e Comunicação da última Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua) de 2018 e divulgada em abril de 2020 pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística  (IBGE), um em cada quatro habitantes no Brasil não tem acesso à internet, o que representa cerca de 46 milhões de brasileiros. 

 

O Ministério das Comunicações tem buscado mudar essa realidade ampliando a cobertura de acesso à internet também por meio do programa Wi-fi Brasil.