Técnicos da Defesa Civil estão no Piauí

Eles vão avaliar a situação de cerca de 50 municípios do estado que sofrem com o período de estiagem e seca.

audio/mpeg 11-08-2021_BOLETIM_ SECA PIAUÍ.mp3 — 3430 KB

Duração: 2m26s




Transcrição

A Defesa Civil Nacional enviou uma equipe ao Piauí nesta semana para avaliar a situação de cerca de 50 municípios do estado que sofrem com o período de estiagem e seca. Os prefeitos fizeram pedido de ajuda ao governo federal para levar água às regiões mais necessitadas, por meio de carros-pipa.

AsE visitas de campo começaram nessa terça-feira (10) e devem durar até o final da semana.

O período de seca é caracterizado pela ausência de chuvas mais prolongada do que a estiagem.

A previsão da Defesa Civil é que sejam visitadas mais de 30 cidades. Serão três equipes em campo. A primeira turma visita Alagoinha do Piauí, Alegrete do Piauí, Belém do Piauí, Caldeirão Grande do Piauí, Francisco Macedo, Francisco Santos, Marcolândia, Monsenhor Hipólito, Padre Marcos, Pio IX, São Julião, Simões e Vila Nova do Piauí.

A segunda equipe estará nos municípios de Bonfim do Piauí, Caracol, Coronel José Dias, Dirceu Arcoverde, Fartura do Piauí, Jurema, São Braz do Piauí, São Lourenço do Piauí, Várzea Branca e São Raimundo Nonato.

Já o terceiro grupo vai conhecer a situação das cidades de Acauã, Campo Alegre do Fidalgo, Caridade do Piauí, Jacobina do Piauí, Jaicós, Massapê do Piauí, Patos do Piauí e Paulistana.

Em maio, o ministério do Desenvolvimento Regional liberou 57 milhões para perfuração de poços e implantação de cisternas no Nordeste. O Piauí está na lista dos contemplados pelo Programa Água Doce, política de acesso ao abastecimento de água para consumo humano por meio do aproveitamento sustentável das águas subterrâneas no Semiárido. Para isso, são implantados sistemas de dessalinização já que 70% dos poços da região têm altos índices de salinidade.

Até o momento, são 891 sistemas de dessalinização em funcionamento, fornecendo água potável para comunidades rurais nos estados de Alagoas, Bahia, Ceará, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte e Sergipe.

Os sistemas de dessalinização implantados têm capacidade instalada para produzir cerca de 3 milhões e 500 mil litros de água potável por dia e beneficiar 214 mil pessoas diretamente.

Da Rede Nacional de Rádio em Brasília