Brasil integra o conselho de ação internacional para combater os efeitos da pandemia do coronavirus

Integrada por 28 países, a coalizão visa acelerar o fim da crise causada pelo novo coronavírus, apoiando o desenvolvimento e a distribuição de testes, tratamentos e vacinas

audio/mpeg 11-09-2020_BOLETIM_COVID.mp3 — 1720 KB

Duração: 1m13s




Transcrição

O Brasil  integra o conselho de uma iniciativa da Organização Mundial de Saúde é da União Europeia , chamada Access to Covid-19 Tools Accelerator. 

 

Trata-se de uma coalizão integrada por governos de 28 países que visa acelerar o fim da crise causada pelo novo coronavírus, apoiando o desenvolvimento e a distribuição de testes, tratamentos e vacinas.

 

Com essas medidas, a expectativa é restaurar a plena atividade social e econômica global, em curto prazo, e facilitar o controle do coronavírus, em médio prazo.

 

Junto com outros países, o Brasil estuda a possibilidade de adesão à Covax Facility, mecanismo de promoção de acesso global à vacina contra a Covid-19, criado no marco do  Access to Covid-19 Tools  Accelerator. 

 

O ministro interino da Saúde , Eduardo  Pazuello , informou que caso o Brasil opte pela adesão,  poderá ter uma contribuição expressiva  já que possui capacidade de produção de vacinas e experiência  em oferecer acesso universal a serviços de saúde, incluindo a imunização da população brasileira.