Casa da Mulher Brasileira em São Paulo será aberta hoje (11)

O espaço de 3.659 metros quadrados e vai funcionar 24 horas por dia, com serviços integrais e humanizados para mulheres em situação de violência. É a primeira desse modelo no estado de São Paulo e a sétima no país.

audio/mpeg 11-11-19 - AMERICA MELO - CASA MULHER BRASILEIRA SP.mp3 — 1646 KB

Duração: 1m45s




Transcrição

Será inaugurada nesta segunda-feira (11) a Casa da Mulher Brasileira em São Paulo.

O espaço concentra, no mesmo local, os principais serviços especializados e multidisciplinares de atendimento à mulher vítima de violência

Ao todo, o governo federal investiu 10 milhões e 300 mil reais na unidade, segundo a ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves.

O espaço de 3.659 metros quadrados vai funcionar 24 horas por dia, com serviços integrais e humanizados para mulheres em situação de violência. É a primeira Casa desse modelo no estado de São Paulo e a sétima no país.

As mulheres em situação de violência que procurarem o local vão encontrar serviços de acolhimento e escuta qualificada por meio de uma equipe multidisciplinar; Delegacia de Defesa da Mulher com ações de prevenção, proteção e investigação dos crimes de violência doméstica; Ministério Público, com atuação na ação penal dos crimes de violência; Defensoria Pública, com orientação às mulheres sobre seus direitos e assistência jurídica; Tribunal de Justiça, responsável pelos processos, julgamentos e execução das causas relacionadas à violência.

Haverá, ainda, um destacamento do programa Guardiã Maria da Penha da Guarda Civil Metropolitana para proteger as vítimas, além de um alojamento de acolhimento provisório para os casos de iminência de morte.

A Casa recebeu também um ponto de atendimento da Central de Intermediação em Libras para atender mulheres surdas.