INSS cria serviço para atender demandas não resolvidas remotamente

Portaria listando as situações que podem ser atendidas por meio de agendamento, no 135, foi publicada nesta segunda-feira, dia 12, no Diário Oficial da União

audio/mpeg 12-07-2021_BOLETIM_ SERVICO INSS DEMANDAS ATENDIMENTO REMOTO.mp3 — 1213 KB

Duração: 1m09s




Transcrição

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) criou um serviço de atendimento especializado para demandas que não podem ser resolvidas pelos canais remotos. Portaria com o novo tipo de agendamento foi publicada nesta segunda-feira, dia 12, no Diário Oficial da União.

O agendamento será liberado a partir da próxima quinta-feira, dia 15, a partir do telefone 135. Na chamada, o atendente vai analisar a solicitação do usuário e fazer o agendamento caso a situação se enquadre nos casos listados nas regras da portaria. O agendamento poder ser feito também nas agências do INSS.

Dentre os usuários que podem pedir o atendimento especial estão os portadores de necessidades especiais e os maiores de 80 anos de idade. E dentre os serviços incluídos na portaria estão as consultas à consignação administrativa; pensão especial vitalícia da pessoa portadora da Síndrome da Talidomida; pensão mensal vitalícia do seringueiro e de seus dependentes; e pensão especial das vítimas de hemodiálise de Caruaru, Pernambuco.

Da Rede Nacional de Rádio, em Brasília, Ana Pimenta

(Redação: Lana Cristina)