Refinaria de Paulínia termina 2020 com o quinto recorde anual seguido de processamento de óleo do pré-sal

Replan alcança a marca total de 10 milhões 436 mil e 207 metros cúbicos de óleo processado

audio/mpeg 13-01-2021_BOLETIM_REFINARIA PAULÍNEA.mp3 — 1380 KB

Duração: 59s




Transcrição

A Refinaria de Paulínia , Replan, terminou 2020 com o quinto recorde anual seguido de processamento de óleo do pré-sal, ao alcançar a marca total de 10 milhões 436 mil e 207 metros cúbicos .

 

Esse volume é 11,6% superior ao processado no ano anterior, que foi de 9 milhões 355 mil 410 metros  cúbicos .

 

O elevado grau de disponibilidade operacional da Replan e o aumento de produção das plataformas dos campos de pré-sal foram fatores determinantes para que a refinaria atingisse esse resultado.

 

 

Além do recorde volumétrico de petróleo pré-sal, a Replan também registrou em 2020 o maior percentual desses óleos em relação à carga fresca processada, com 58,7%. Em 2019, esse índice havia sido de 49,4% na refinaria.