AGU obtém reintegração de posse contra indígenas no RS

Floresta Nacional de São Francisco de Paula havia sido ocupada indevidamente por indígenas da etnia Xokleng que, segundo a Funai, não havia vestígios da presença dessa etnia naquelas terras.

audio/mpeg 13-01-21 - É NOTÍCIA - AGU INDÍGENAS XOKLENG - 1m16s - LUCIANO BARROSO.mp3 — 1074 KB

Duração: 1m16s




Transcrição

AGU obtém reintegração de posse de unidade de conservação administrada pelo ICMBio, no Rio Grande do Sul.

 

A Floresta Nacional de São Francisco de Paula havia sido ocupada indevidamente por indígenas da etnia Xokleng.

 

Ao recorrer a Justiça para reaver a posse, a AGU argumentou que a ocupação indígena era ilegal, uma vez que a Unidade de Conservação está sob a administração do ICMBio e que houve espoliação injusta da posse, além de grande prejuízo para a continuidade das atividades ecológicas e científicas do parque.

 

A AGU ressaltou ainda que a unidade estaria com risco de depredação de suas dependências, como auditório, museu, laboratório, hospedaria e outros.

 

Ao ser questionado pelos indígenas, o Ministério Público Federal arquivou o processo, por não ter encontrado vestígios da presença dessa etnia naquelas terras, conforme manifestação da Funai.

 

Antes do ajuizamento da ação, o ICMBio tentou a saída consensual dos 25 indígenas que estavam na área, tendo feito diálogo com representantes da Funai, Ministério Público Federal e Defensoria Pública da União.

 

Da Rede Nacional de Rádio em Brasília, Luciano Barroso.