Vacinação contra a covid-19 deve começar na semana que vem

Agência Nacional da Vigilância Sanitária informa que poderá dar um parecer sobre o pedido para uso emergencial da AstraZeneca e da Coronavac no próximo domingo, dia 17 de janeiro.

audio/mpeg 13-01-21 - É NOTÍCIA - VACINAÇÃO PAZUELLO - 1m34s - LUCIANO BARROSO.mp3 — 1321 KB

Duração: 1m34s




Transcrição

A vacinação contra a Covid-19 deve começar três ou quatro dias após a liberação da Anvisa. A informação é do ministro da saúde, Eduardo Pazuello.

 

Já a Agência Nacional da Vigilância Sanitária informou que deve dar um parecer sobre o pedido para uso emergencial das vacinas da AstraZeneca e da Coronavac no próximo domingo, dia 17 de janeiro.

 

Pazuello informa ainda que o avião que decolou nesta quarta-feira para Índia deve voltar ao Brasil no dia 16 de janeiro com as primeiras doses da vacina da AstraZêneca.

 

O ministro da Saúde continua na capital do Amazonas, Manaus, que registrou, nessa terça-feira o maior número de enterros desde o início da pandemia: 166 no total.

 

Antes da crise sanitária, a média de enterros era de 30 diários. Já a média móvel dos últimos 7 dias de mortes por Covid no Amazonas chegou a 57 óbitos nessa terça-feira. Um mês atrás essa média era de 7 óbitos diários.

 

Em Manaus, o ministro tem acompanhado as ações para aliviar o sistema de saúde local. Estão sendo abertos 350 novos leitos, entre UTIs e leitos clínicos.

 

Uma força tarefa foi montada para levar oxigênio para Manaus, com aviões privados e da Força Aérea Brasileira. Há ainda a tentativa de abrir 10 novas usinas para produzir oxigênio em Manaus nos próximos dias.

 

Da Rede Nacional de Rádio em Brasília, Luciano Barroso.