Cerca de 8 milhões de famílias devem atualizar os dados no CadÚnico

Famílias beneficiárias do Auxílio Brasil ou da Tarifa Social de Energia Elétrica que possuem dados inconsistentes e foram incluídas na Averiguação Cadastral têm até julho para atualizar os dados e evitar o cancelamento dos benefícios.

audio/mpeg 13-05-22 - E NOTICIA - AMERICA MELO - PROGRAMAS SOCIAIS.mp3 — 1446 KB

Duração: 01'32"




Transcrição

Os beneficiários de programas sociais do Governo Federal, como o Programa Auxílio Brasil , a Tarifa Social de Energia Elétrica, e o Benefício de Prestação Continuada devem ficar atentos à retomada dos processos de Averiguação e Revisão Cadastral de 2022. 

 

Ao todo, oito milhões de famílias devem atualizar as informações no Cadastro Único.

 

 

As famílias beneficiárias do Auxílio  Brasil ou da Tarifa Social de Energia Elétrica  que possuem dados inconsistentes e foram incluídas na Averiguação Cadastral têm até julho para atualizar os dados e evitar o cancelamento dos benefícios. 

 

 

Já as famílias da Revisão Cadastral, que estão com informações cadastrais desatualizadas, têm até dezembro para regularizar os registros.

 

 

Devido aos impactos da pandemia de covid-19, o Ministério da Cidadania escalonou o processo de Revisão Cadastral. 

 

Neste ano, apenas as famílias com cadastros que foram atualizados pela última vez em 2016 ou 2017 serão convocadas para atualizar os dados no Cadastro Único. As famílias que atualizaram seus dados pela última vez em 2018 ou 2019 serão convocadas nos próximos anos.

 

Outras informações no site gov.br/cidadania

 

Da Rede Nacional de rádio em Brasilia