MS investe R$ 2,8 milhões em Laboratórios de Próteses Dentárias

Ministério da Saúde credenciou mais de 32 mil equipes de saúde bucal, quase 1.200 Centros de Atenção Odontológicas e 2.900 Laboratórios, que produzem próteses dentárias oferecidas em Unidades de Saúde da Família, Unidades Básicas de Saúde ou Centro de Especialidades Odontológicas

audio/mpeg 13-09-2021_BOLETIM_PRODUÇÃO PRÓTESES DENTÁRIAS.mp3 — 2304 KB

Duração: 1m38s




Transcrição

Para ampliar a produção de próteses dentais, essenciais para tratamentos odontológicos no Sistema Único de Saúde, o Ministério da Saúde está investindo mais de R$ 2 milhões e 800 mil reais em Laboratórios Regionais de Próteses Dentárias.

 

Ao todo, 371 municípios foram habilitados para receber o investimento financeiro e oito municípios receberão aumento no custeio já existente.

 

A portaria que libera os recursos foi assinada no dia 10 de setembro pelo ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, em Belém, no Pará.

 

O Ministério da Saúde credenciou mais de 32 mil equipes de saúde bucal, quase 1.200 Centros de Atenção Odontológicas e 2.900 Laboratórios que produzem próteses dentárias oferecidas em Unidades de Saúde da Família, Unidades Básicas de Saúde ou Centro de Especialidades Odontológicas aos usuários do SUS.

 

Municípios de 26 estados vão receber repasses mensais de R$ 7 mil e 500 reais. Conforme o aumento da demanda de produção, é possível alterar a faixa de repasse para R$ 12 mil reais.

 

Os estados contemplados são: Acre, Alagoas, Amazonas, Amapá, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Pará, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rondônia, Roraima, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Sergipe, São Paulo e Tocantins.

 

A produção de próteses para os pacientes é importante para a continuidade do tratamento oferecido pela rede de atenção básica.

 

Da Rede Nacional de Rádio em Brasília