Ministério da Saúde cria o projeto “Saúde, na escuta”

Iniciativa promove um espaço de diálogo para levantar as principais demandas de médicos e ofertar cursos de capacitação e profissionalização para fortalecer a Atenção Primária.

audio/mpeg 13-10-2021_BOLETIM_ PROGRAMA SAÚDE NA ESCUTA.mp3 — 1539 KB

Duração: 1m05s




Transcrição

O Ministério da Saúde cria o projeto “Saúde, na escuta” para estar mais próximo dos profissionais que atuam no Programa Mais Médicos.

 

Em encontros presenciais, a pasta promove um espaço de diálogo para levantar as principais demandas dos médicos e ofertar cursos de capacitação e profissionalização disponíveis, bem como o conjunto de outras iniciativas em saúde para o fortalecimento da Atenção Primária.

 

 

A iniciativa será desenvolvida pela Secretaria de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde em parceria com a Secretaria de Atenção Primária à Saúde 

do Ministério da Saúde. 

 

 

A primeira cidade que recebeu a ação foi Fortaleza, no Ceará, no dia 09 de outubro. Até o momento, o Estado conta com 1.223 vagas do Programa Mais Médicos ocupadas. O Programa está presente em 170 municípios do estado. O número deve aumentar com o último edital do 24° ciclo, quando mais de 160 vagas foram ofertadas em 84 municípios.

 

 

Da Rede Nacional de Rádio em Brasília