Exportação de açúcar atinge recorde em outubro, com aumento de 121% em relação a 2019

No ano passado, o faturamento com a atividade foi de US$ 543 milhões em outubro. Neste ano, no mesmo mês, foi de US$ 1,2 bilhão.

audio/mpeg 13-11-2020_BOLETIM_ACÚCAR.mp3 — 1397 KB

Duração: 59s




Transcrição

As vendas externas de açúcar foram recorde em outubro de 2020, com aumento de 121%.

 

As vendas passaram de US$ 543 milhões de dólares em outubro de 2019 para US$ 1 bilhão e 200 milhões de dólares no mesmo mês deste ano. 

 

 

A quantidade exportada foi recorde para toda a série histórica, com 4 milhões e 200 mil toneladas.

 

 

A China foi a maior importadora, com registros de mais de US$ 311 milhões de dólares em aquisições ou 25,9% do valor total exportado pelo Brasil de açúcar. 

 

Outros países que compraram o açúcar foram a Índia, Bangladesh e os Estados Unidos.

 

 

Ainda no setor, houve aumento das exportações de álcool, que chegaram a mais de US$ 184 milhões , aumento de 75% .

 

 

Os principais importadores de álcool brasileiro foram os Estados Unidos, Coreia do Sul e a União Europeia.