Setor de serviços tem alta de 1,1% em julho

É a quarta alta seguida do setor, que acumula crescimento de 3,9%. O índice registrado ficou acima de fevereiro de 2020, antes do início da pandemia de covid-19. Dados são da Pesquisa Mensal de Serviços, divulgada nesta terça-feira (14) pelo IBGE.

audio/mpeg 14-09-2021 - E NOTICA ADALTO GOUVEIA PESQUISA SETOR SERVICOS.mp3 — 1247 KB

Duração: 1m09s




Transcrição

O volume de serviços no Brasil avançou 1,1% em julho deste ano, na comparação com o mês de junho.

É a quarta alta seguida do setor, que acumula crescimento de 3,9%. O índice registrado ficou acima de fevereiro de 2020, antes do início da pandemia de covid-19.

O resultado também é o melhor desde março de 2016.

Os dados são da Pesquisa Mensal de Serviços, divulgada nesta terça-feira (14) pelo IBGE, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística.

Na comparação com julho de 2020, o setor de serviços cresceu 17,8%, com alta nas cinco atividades pesquisadas. As maiores altas foram em São Paulo, Rio Grande do Sul, Minas Gerais, Pernambuco e Paraná.

Os serviços prestados às famílias, incluindo restaurantes, parques de diversão e hotéis, tiveram os melhores resultados, mas ainda operam abaixo do nível de antes da pandemia.

Da Rede Nacional de Rádio, em Brasília,

Adalto Gouveia