Levantamento da Abrinq mostra que 22,6% das crianças e adolescente vivem em extrema pobreza

Para ajudar a mudar essa realidade, Furnas abre inscrições para destinar recursos aos Fundos de Defesa da Infância e da Adolescência 2019.

audio/mpeg 14-11-19 - JOSE CARLOS - ABRINQ.mp3 — 751 KB

Duração: 0:48s




Transcrição

Levantamento da Abrinq, a Associação Brasileira dos Fabricantes de Brinquedos, com base em dados recentes do IBGE, mostra que 22,6% das crianças e adolescentes entre 0 e 14 anos vivem em situação de extrema pobreza.

 

Para ajudar a mudar essa realidade, Furnas abre inscrições para destinar recursos aos Fundos de Defesa da Infância e da Adolescência 2019.

 

Até 18 de novembro, os Conselhos Municipais dos Direitos da Criança e do Adolescente de todo país podem cadastrar as propostas que apoiem ações, serviços, programas ou projetos que contribuam para o fortalecimento dos direitos das crianças e dos adolescentes.

 

Para participar da seleção basta acessar https://prosas.com.br.

 

Da Rede Nacional de Rádio, em Brasília, José Carlos Andrade