Governo Federal está adquirindo mais de 100 milhões seringas e agulhas para a vacinação contra a Covid-19

Além dessas aquisições, o Brasil tem disponível mais de 80 milhões de seringas e agulhas em estoques nos estados

audio/mpeg 15-01-2021_BOLETIM_SERINGAS E AGULHAS.mp3 — 2124 KB

Duração: 1m29s




Transcrição

O Governo Federal está adquirindo mais de 100 milhões seringas e agulhas  para abastecer e preparar a estrutura do Sistema Único de Saúde para a vacinação contra a Covid-19. 

 

O ministério da Saúde informa que além dessas aquisições, o Brasil tem disponível mais de 80 milhões de seringas e agulhas em estoques nos estados num esforço via Conselho Nacional de Secretários de Estado de Saúde e Conselho Nacional de Secretários Municipais.  

 

Desde agosto de 2020, o Ministério da Saúde vem articulando para adquirir insumos essenciais para vacinação. No dia 15 de janeiro, existe a previsão de abertura de novo pregão eletrônico. 

 

Outra ação do Governo Federal foi restringir a exportação de seringas e agulhas, além de reduzir a taxa de importação do produto.

 

O Ministério da Saúde tem se reunido com entidades do setor para concentrar um esforço nacional, conjunto e integrado para imunizar a população brasileira com o compromisso de disponibilizar 30 milhões de seringas e agulhas até o final de janeiro. 

 

A compra desse material  é de responsabilidade dos estados e municípios. No entanto, devido ao cenário de emergência em saúde pública, o Ministério da Saúde utilizou o seu poder de compra para fazer as aquisições em apoio irrestrito aos gestores locais do SUS e, assim, fortalecer a rede pública de saúde no enfrentamento da doença em todos os estados.