Necessidade de trabalhar é o principal motivo para jovens abandonar os estudos

Segundo o IBGE, ao todo, no Brasil, 20,2% dos jovens de 14 a 29 anos não completaram o ensino médio, seja porque abandonaram a escola antes do término dessa etapa, seja porque nunca chegaram a frequentá-la.

audio/mpeg 15-07-20 - É NOTÍCIA - ABANDONO ESTUDOS - DADOS IBGE.mp3 — 1363 KB

Duração: 1:27s




Transcrição

Jovens de 14 a 29 anos de idade apontam que a necessidade de trabalhar é o principal motivo para abandonar os estudos, de acordo com a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) Contínua Educação, divulgada nesta quarta-feira, dia 15, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística.

Aproximadamente quatro em cada dez jovens que não concluíram o ensino médio precisaram deixar as salas de aula para trabalhar.

Segundo o IBGE, ao todo, no Brasil, 20,2% dos jovens de 14 a 29 anos não completaram o ensino médio, seja porque abandonaram a escola antes do término dessa etapa, seja porque nunca chegaram a frequentá-la.

Isso equivale a mais de 10 milhões de jovens. A maior parte deles é do sexo masculino, o equivalente a 58,3%, e preta ou parda, o equivalente a 71,7% de todos que não estavam estudando.

De acordo com o levantamento, quando perguntados sobre o principal motivo de terem abandonado ou nunca terem frequentado a escola, esses jovens responderam que precisaram trabalhar, resposta dada por 39,1% dos entrevistados.

Considerando apenas os homens, essa foi a resposta dada por 50% deles. Já entre as mulheres, o percentual cai para 23,8%.

 

Da Rede Nacional de Rádio, em Brasília, Dilson Santa Fé