Cães de faro ajudam a identificar novo entorpecente nos Correios

Cinco volumes contendo a droga vindos da Holanda com destino ao estado de São Paulo foram interceptados no Centro Internacional dos Correios em Pinhais, no Paraná.

audio/mpeg 15-09-2021_BOLETIM_RECEITA APREENSÃO DE DROGAS.mp3 — 1600 KB

Duração: 1m08s




Transcrição

Com a ajuda dos cães de faro Onix e Vilma servidores da Receita Federal identificaram cinco volumes vindos da Holanda contendo novo entorpecente em remessa postal internacional.

 

Ao realizar a verificação física, os servidores encontraram mais de de 1 kg de uma matéria sólida compactada de tom amarelado.

 

Os cinco volumes vindos da Holanda com destino ao estado de São Paulo chamaram a atenção dos servidores da Receita Federal durante operação de rotina no Centro Internacional dos Correios em Pinhais, no Paraná, desde o momento em que passaram no aparelho de scanner. 

 

 

 

Para verificar do que se tratava a substância, amostras foram enviadas ao Centro de Ciências Forenses do Departamento de Química da Universidade Federal do Paraná para análise.

 

 

O laudo do Laboratório Multiusuário de Ressonância Magnética Nuclear concluiu que se trata de uma substância da classe dos canabinoides sintéticos. Além disso, os dados permitiram concluir que se trata de uma nova substância , ainda não descrito na literatura.

 

 

Da Rede Nacional de Rádio em Brasília