Tereza Cristina assina instrução normativa que suspende vacinação da febre aftosa no Paraná

Com isso, a partir de novembro, o rebanho de mais de 9 milhões de bovinos e bubalinos do estado não será mais vacinado contra a febre aftosa.

audio/mpeg 15-10-19 - AMERICA - SUSPENSAO VACINA-FEBRE AFTOSA - VAL 15-10.mp3 — 752 KB

Duração: 0:48s




Transcrição

A ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina, assina nesta terça-feira (15), a Instrução Normativa que autoriza a suspensão da vacinação contra a febre aftosa no estado do Paraná a partir de novembro. A solenidade será realizada no Palácio Iguaçu, em Curitiba.

 

Com isso, a partir de novembro, o rebanho de mais de 9 milhões de bovinos e bubalinos do estado não será mais vacinado contra a febre aftosa.

 

O Ministério fará o monitoramento do Paraná para avaliar a atuação dos postos de fiscalização nas divisas e, posteriormente, irá reconhecer nacionalmente o estado como área livre da febre aftosa sem vacinação

 

Da Rede Nacional de Rádio, em Brasília, América Melo