MTur visa estruturar região turística do Baixo Tapajós-Pa

Proposta é atrair investimentos, parcerias e concessões à iniciativa privada para impulsionar o turismo local e ser a porta de entrada da atividade na Amazônia.

audio/mpeg 16-02-21 - É NOTÍCIA - PROJETO TURÍSTICO PARÁ - 1m03s - MÁRCIA DIAS.mp3 — 807 KB

Duração: 1m03s




Transcrição

O Ministério do Turismo tem um projeto de estruturação da região turística do Baixo Tapajós, localizada no Pará.

 

A proposta é atrair investimentos, parcerias e concessões à iniciativa privada para impulsionar o turismo local e ser a porta de entrada da atividade na Amazônia.

 

Além de Alter do Chão, o território possui outros atrativos, tais como a Floresta Encantada, Belterra, que se prepara para ganhar o primeiro Museu de Ciências da Amazônia e a Vila Americana, um dos mais importantes pontos para o turismo de experiência no Brasil.

 

O objetivo é construir um projeto integrado no local conta com uma combinação única entre atrativos: sol, praia, ecologia, gastronomia, cultura, esporte e bioeconomia, para a atrair turistas estrangeiros e nacionais.

 

Entre as propostas, está a estruturação do aeroporto Maestro Wilson Fonseca, para que possa receber voos internacionais; verificar a possibilidade de instalação de um terminal de cruzeiros marítimos; e melhorar os acessos entre os atrativos e a conexão com a internet.

 

Da Rede Nacional de Rádio em Brasília, Márcia Dias.