Mapa publica nota com regras para produtos de origem animal em bagagem de viajantes

As medidas adotadas pelo Mapa são fundamentais para manter o país livre de doenças que tragam prejuízos à economia brasileira.

audio/mpeg 16-05-19 - SUZETTE CALDERON - PRODUTOS VIAJANTES - VAL 16-05.mp3 — 1395 KB

Duração: 0:59s




Transcrição

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) publicou, nesta segunda-feira (13), a Instrução Normativa (IN) nº 11, que estabelece as regras para o ingresso no território nacional de produtos de origem animal não veiculadores de doenças contagiosas em bagagem de viajantes, para consumo próprio e sem finalidade comercial.

 

De acordo com Geraldo Moraes, diretor de Saúde Animal e Insumos Pecuários da Secretaria de Defesa Agropecuária, as medidas adotadas pelo Mapa são fundamentais para manter o país livre de doenças que tragam prejuízos a economia brasileira.

 

O Mapa alerta que é proibido o ingresso de qualquer produto de fabricação artesanal ou caseira, ou cru, que contenha ingrediente de origem animal em sua composição. O produto interceptado por desconformidade será apreendido e destruído.

 

Da Rede Nacional de Rádizo, em Brasília, Suzette Calderon