Governo federal lança o edital de licitação da área localizada no Porto de Vila do Conde

Marcada para o dia 28 de agosto, a concessão prevê investimentos de R$ 1 bilhão e 600 milhões de reais com os novos empreendimentos

audio/mpeg 16-07-2020_BOLETIM_HIDRELÉTRICA E ARMAZÉNS DE GÁS.mp3 — 1565 KB

Duração: 1m06s




Transcrição

O Governo Federal, por meio da Companhia Docas do Pará, lançou o edital de licitação da área localizada no Porto de Vila do Conde, onde serão construídas uma Usina Termoelétrica e a unidade flutuante de armazenamento de Gás Natural.

 

A licitação está marcada para o dia 28 de agosto e são esperados investimentos de R$ 1 bilhão e 600 milhões de reais com os novos empreendimentos.

 

 

A instalação da Termoelétrica é uma demanda estratégica e irá trazer consideráveis benefícios ao País  e à economia local. Só durante a fase de construção, poderão ser recolhidos cerca de R$ 26 milhões de reais em impostos.

 

A geração de gás natural será mais uma alternativa de energia não só para a região de Porto de Vila do Conde, mas para outras cidades do Pará e estados próximos, como Amapá e Maranhão. 

 

O  gás natural é considerado um combustível fóssil mais seguro, com combustão mais limpa e poderá substituir combustíveis mais caros e poluentes.