MS lança Guia Alimentar para a Gestante

Objetivo é fornecer subsídios aos profissionais de saúde, para que orientem as mulheres grávidas da forma mais adequada.

audio/mpeg 16-11-2021_BOLETIM_GUIA ALIMENTAR GESTANTES.mp3 — 2298 KB

Duração: 1m37s




Transcrição

O ministério da Saúde lançou um complemento específico sobre a alimentação durante a gravidez: o Protocolo de uso do Guia Alimentar para a População Brasileira na orientação alimentar da gestante, disponível online e para download.

 

O objetivo é fornecer subsídios aos profissionais de saúde, para que orientem as gestantes da forma mais adequada.

 

A Coordenadora Geral de Alimentação e Nutrição , Gisele Bortolini, informa que a recomendação central do guia é dar preferência a alimentos in natura ou minimamente processados e às preparações culinárias ao invés dos ultraprocessados, e seguir com orientações específicas para esse momento da vida, a partir de evidências científicas atualizadas.

 

 

A má alimentação está no topo do ranking dos fatores de risco relacionados à carga global de doenças no mundo, sendo o que mais contribui para a mortalidade. A melhoria nas condições alimentares da população pode prevenir uma em cada cinco mortes no mundo. 

 

 

Em 2020, das gestantes acompanhadas na Atenção Primária à Saúde do Sistema Único de Saúde , 51,9% apresentavam excesso de peso (que compreende o sobrepeso e a obesidade); e 76% consumiram algum alimento ultraprocessado no dia anterior da entrevista, segundo o Relatório Público do Sistema de Vigilância Alimentar e Nutricional.

 

O guia está disponível no site saúde.gov.br

 

Da Rede Nacional de Rádio em Brasília