Banco Central divulga balanço do PIX, sistema instantâneo de pagamentos

Mais de 71 milhões de chaves foram cadastradas, foram realizadas cerca de 1 milhão e 900 mil transações, com um montante financeiro que passou de R$780 milhões até 15 de novembro

audio/mpeg 17-11-2020_BOLETIM_PIX.mp3 — 887 KB

Duração: 50s




Transcrição

O Pix, sistema de pagamentos instantâneos , cadastrou mais de 71 milhões de chaves e fez mais de 1 milhão e 900 mil transações entre instituições diferentes, com um montante financeiro que passou de 780 milhões de reais até o dia 15 de novembro.

 

O sistema já está funcionando  oficialmente para todos os brasileiros e passou por uma fase de testes para alguns clientes selecionados pelas próprias instituições financeiras ou de pagamentos.

 

 

Segundo o Banco Central do Brasil, além de aumentar a velocidade em pagamentos ou transferências, o Pix também tem o potencial de alavancar a competitividade e a eficiência do mercado; baixar o custo das operações bancárias; aumentar a segurança; e promover a inclusão financeira.