Petrobras mantém o maior Projeto de Monitoramento de Praias do mundo

A companhia cobre mais de três mil quilômetros do litoral brasileiro. Para execução dessa ação, em 2021, foram investidos cerca de R$ 120 milhões.

audio/mpeg 18-01-22 - E NOTICIA - PETROBRAS MEIO AMBIENTE.mp3 — 1433 KB

Duração: 1m32s




Transcrição

A Petrobras mantém o maior Projeto de Monitoramento de Praias do mundo, cobrindo mais de três mil quilômetros do litoral brasileiro. Para execução dessa ação, em 2021, foram investidos cerca de R$ 120 milhões de reais.

 

Ao todo, foram resgatados mais de 23 mil animais debilitados ou mortos nas praias do litoral brasileiro pelo Projeto de Monitoramento de Praias. Santa Catarina, por exemplo, teve quase nove mil animais encontrados debilitados ou mortos; seguido de Rio de Janeiro e São Paulo, com quase quatro mil cada.

 

Segundo levantamento, foram 94 espécies monitoradas e 10 mil eram tartarugas marinhas. No Brasil, ocorrem cinco espécies de tartarugas , todas ameaçadas de extinção.

 

O litoral do Rio de Janeiro e do Espírito Santo são áreas prioritárias para a reprodução de algumas espécies. Os pesquisadores explicam que em muitos casos as tartarugas são encontradas machucadas por itens  de pesca ou debilitadas por ingestão de lixo. 

 

Os Pinguins de Magalhães são destaque na pesquisa, com aproximadamente 6.800  animais registrados, um número 20% maior que o ano passado, quando foram registrados quase 5.700 , no mesmo período.

 

 

Da Rede Nacional de Rádio em Brasília