Aeroporto de São Gonçalo do Amarante (RN) terá nova licitação

As regras da primeira relicitação aeroportuária do país foram divulgadas pelo Programa de Parcerias de Investimentos (PPI)

audio/mpeg 18-01-22 - E NOTICIA - RELICITAÇÃO AEROPORTO RN.mp3 — 1239 KB

Duração: 1m10s




Transcrição

O Conselho do PPI, Programa de Parcerias de Investimentos, ligado ao Ministério da Infraestrutura, divulgou as regras da primeira relicitação aeroportuária do país.

Uma nova empresa será escolhida para administrar o aeroporto de São Gonçalo do Amarante, no Rio Grande do Norte.

Em 2020, a concessionária responsável pelo terminal anunciou a desistência do contrato

A nova licitação será na modalidade concessão comum, para exploração de infraestrutura aeroportuária, por meio de leilão a ser realizado em sessão pública.

A concessionária vencedora será a que oferecer a maior outorga, como contribuição fixa inicial, sobre o mínimo estipulado pelo Governo Federal. A empresa também deverá realizar investimentos para melhorar o funcionamento do aeroporto e atendimento dos passageiros.

O contrato terá duração de 30 anos. As datas para apresentação de propostas e realização do leilão ainda não foram divulgadas.

Mais informações em gov.br/infraestrutura.

Da Rede Nacional de Rádio, em Brasília, Ana Pimenta.