População apoia nova política do governo federal no tratamento de dependentes químicos

Noventa e quatro por cento dos brasileiros apoiam a internação involuntária dos dependentes químicos, quando a família ou agente público decide pela internação do usuário.

audio/mpeg 18-07-19 - TRATAMENTO DEPENDENTES QUIMICOS- MARIA VILHENA.mp3 — 1159 KB

Duração: 49s




Transcrição

População apoia nova política do governo federal no tratamento de dependentes químicos.

Noventa e quatro por cento dos brasileiros apoiam a internação involuntária dos dependentes químicos, quando a família ou agente público decide pela internação do usuário.

Este tipo de internação feita em hospitais e em clínicas especializadas para desintoxicação é uma das alterações sancionadas pelo governo federal na nova lei sobre drogas.

Além de autorizar o tratamento, o novo texto da lei reforça o trabalho executado pelas Comunidades Terapêuticas e amplia a pena imposta a traficantes. Mais informações, acesse: cidadania.gov.br.

 

Da Rede Nacional de Rádio, em Brasília, Maria Vilhena.