Programa Brasil mais quer atender 200 mil empregadores até 2022

Criado para melhorar a gestão e a produção das micro e das pequenas empresas, o programa usará metodologias e ferramentas de baixo custo para melhorar a capacidade de gestão e de produção.

audio/mpeg 19-02-20 - AMERICA MELO - PROGRAMA BRASIL MAIS.mp3 — 1922 KB

Duração: 1:14s




Transcrição

O programa Brasil Mais pretende atender 200 mil empregadores até 2022, informou o Ministério da Economia.

 

O decreto de criação do programa foi assinado nessa terça-feira (18) pelo presidente Jair Bolsonaro.

 

Criado para melhorar a gestão e a produção das micro e das pequenas empresas, o programa usará metodologias e ferramentas de baixo custo para melhorar a capacidade de gestão e de produção, reduzir desperdício e aprimorar processos, em um cenário de transformação digital.

 

As empresas dos setores da indústria, comércio e os serviços que querem ter acesso ao programa devem se cadastrar no portal Brasil Mais e responder a uma avaliação. 

 

 

Depois dessa etapa, a companhia será encaminhada para o atendimento assistido do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), no caso das indústrias, ou para o Serviço Brasileiro de Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), para as empresas dos demais setores que faturam até 4 milhões e 800 mil reais por ano.

 

Com informações da Agência Brasil,  da Rede Nacional de Rádio, em Brasília, América Melo