Pagamento do Bolsa Família vai até o dia 31

Como em todos os meses, o repasse é realizado de acordo com o Número de Inscrição Social, o NIS, impresso no cartão. Aqueles que terminam com final 1 podem sacar no primeiro dia do pagamento. Os com final 2, no segundo dia e assim por diante.

audio/mpeg 19-07-19 - JOANA - PGTO BOLSA FAMÍLIA - 2m27s.mp3 — 2482 KB

Duração: 2m27s




Transcrição

O pagamento do Bolsa Família deste mês começou nesta quinta-feira e vai até o próximo dia 31. No total, mais de 2 bilhões e 600 milhões de reais serão transferidos para 13 milhões e 841 mil famílias pobres de todo o País. O valor médio do benefício é de R$188,51.

Como em todos os meses, o repasse é realizado de acordo com o Número de Inscrição Social, o NIS, impresso no cartão. Aqueles que terminam com final 1 podem sacar no primeiro dia do pagamento. Os com final 2, no segundo dia e assim por diante. Os recursos ficam disponíveis para saque por três meses.

Segundo o ministro da Cidadania, Osmar Terra, o governo está empenhado promover ações de inclusão social e produtiva dos jovens, seja por meio de parcerias ou pelo Plano Progredir. Esta iniciativa estimula o empreendedorismo, a qualificação profissional e o acesso ao mercado de trabalho.

Além disso, o Bolsa Família garante o acesso dos beneficiários a outras políticas públicas, como o Criança Feliz. A ação orienta como estimular o desenvolvimento cognitivo, afetivo e motor das crianças. Até o momento, cerca de 700 mil crianças e gestantes já foram atendidas.

Para receber o benefício do Bolsa Família, as famílias também assumem compromissos nas áreas de educação e saúde. Crianças e jovens devem permanecer na escola e ter a carteira de vacinação em dia.

O programa é voltado para as famílias inseridas no Cadastro Único para Programas Sociais do governo federal. São famílias que têm renda mensal por pessoa de até 89 reais, além daquelas com renda familiar mensal de até 178 reais por pessoa e que tenham integrantes gestantes, crianças ou adolescentes. A quantia que cada beneficiário recebe varia conforme o número de pessoas na família, a idade de cada um e a renda declarada.

 

Reportagem: André Luiz Gomes.